Cientistas deixam de inventar quando se casam

Certas notícias da internet parecem que foram feitas para “pegar” o leitor incauto.

A mais nova foi divulgada pelo sítio Science Carriers e trata da produção científica e o impacto do casamento. Satoshi Kanazawa, da University of Canterbury, na Nova Zelândia, analisou dados de 280 grandes cientistas e descobriu uma queda na produtividade, mostrada nas descobertas e publicações. Quando olhou a história de cada pessoa, ele encontrou que a redução da produtividade nos cientistas solteiros era menor.

“A produtividade dos cientistas machos tendem a cair depois do casamento” afirma Kanazawa. “Cientistas tendem a ´desistir´ da pesquisa científica depois do casamento”.

Kanazawa tem uma explicação controversa sobre os dados que encontrou: “O homem conduz a pesquisa científica para atrair a mulher e casar (…) Casar é o objetivo (…) ciência é o meio.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: