wiki em periódicos científicos

A prestigiosa revista Nature tentou adotar o modelo wiki para análise de textos científicos. O textos submetidos para a revista eram disponibilizados online e existia um convite para pesquisadores de todo o mundo para participar do processo de revisão.

O resultado não foi muito promissor, pois poucos participaram e o número de feedback foi pequeno. Durante a fase experimental, 5% dos 1.369 papers foram selecionados e colocados na Internet para comentários. Desse total, 33 não receberam qualquer comentário e o restante receberam 92 comentários técnicos.

Qual a razão para o fracasso da experiência. Quem participa do processo de análise de textos científicos sabe como é um trabalho interessante e necessário. Mas que toma tempo e tem uma grande responsabilidade. Foi o que aconteceu com a Nature, que concluiu que pesquisadores estão ocupados ou não tem um incentivo para fazer análise.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: