Vale e Xstrata

Diminuem as Chances de Oferta da Vale para Comprar a Xstrata

Por Dana Cimilluca
The Wall Street Journal – 11/3/2008

A Companhia Vale do Rio Doce e a mineradora anglo-suíça Xstrata PLC têm chances cada vez menores de fechar um acordo para criar a maior mineradora do mundo, devido ao preço e outros obstáculos da negociação, disseram pessoas a par do assunto.

A queda na ação da Vale este mês varreu quase US$ 10 bilhões de uma aquisição que podia ter sido avaliada em US$ 90 bilhões e estaria entre as maiores aquisições da história. As exigências do maior acionista da Xstrata também estão aumentando a distância entre os dois lados.

A queda de 15% na ação da Vale nos Estados Unidos reduziu a oferta em ações e dinheiro feita pela Xstrata para pouco mais de 40 libras (US$ 80) por ação, uma queda de quase 5 libras, disse uma pessoa a par do assunto. As chances de um acordo são “bem baixas”, disse essa pessoa. “Parece de fato que está escapando.”

Se os dois lados não conseguirem eliminar suas diferenças, pode ser um sinal de que a turbulência no mercado financeiro global está tendo um impacto ainda maior do que se pensava sobre o ambiente de aquisições. O setor de mineração, que se beneficia da alta dos preços de matérias-primas como o cobre e o minério de ferro, é um dos poucos pontos de luz num mercado de fusões e aquisições perseguido pela queda da oferta de crédito e do crescimento econômico em todo o mundo.

Além da Vale–Xstrata, a anglo-australiana BHP Billiton Ltd. está tentando comprar a rival Rio Tinto PLC, numa aquisição que pode superar os US$ 140 bilhões e criar um conglomerado de mineração ainda maior. A Rio Tinto recusou sucessivas ofertas da BHP, que agora planeja consultar diretamente os acionistas da Rio Tinto.

Mas as ações das mineradoras vêm sendo marteladas à medida que temores de recessão nos EUA e em outros países derrubam os preços dos metais.

Os ADRs da Vale, que caíram 4,4% ontem, acumulam perda de 15% na Bolsa de Nova York desde 28 de fevereiro. Isso depois de uma alta que começou no fim de janeiro, quando a maior produtora mundial de minério de ferro informou que estava em negociações para comprar a Xstrata.

As ações da Xstrata, que tem entre seus produtos carvão, cobre e platina, caíram 7% desde o dia 27, e fecharam ontem a 38,34 libras cada ação em Londres.

Isso significa que a oferta da Vale representa um ágio na vizinhança dos 5%. Antes de as ações da Vale começarem sua queda recente, o diretor-presidente da empresa, Roger Agnelli, indicou que a empresa havia colocado sua “melhor e final” oferta na mesa, dizendo no dia 29 que a Vale havia atingido seu “limite” nas negociações.

Num outro obstáculo à transação, a Vale precisa chegar a um acordo com a trading de recursos minerais Glencore International AG antes que o conselho da Xstrata possa aceitar qualquer oferta. A Glencore é dona de 35% da Xstrata.

Até o fim da semana passada, a Glencore e a Vale ainda estavam num impasse sobre as condições pedidas pela Glencore, que permitiriam a ela comercializar várias das matérias-primas da empresa resultante da fusão, mas não o minério de ferro, disse uma pessoa a par da situação. A Glencore, que ganha gordas comissões para comercializar e assessorar na venda de muitas commodities da Xstrata, quer um acordo de dez anos; a Vale quer limitá-lo a cinco anos, disseram pessoas a par do assunto.

Outro ponto envolve a possibilidade de a Glencore comercializar um metal específico produzido pela Vale, disse uma pessoa a par do assunto que não quis dizer qual é esse metal.

O diretor-presidente da Glencore, Ivan Glasenberg, não se importa em manter a Xstrata independente se os termos que ele apresentou numa carta à Vale em meados de dezembro não forem atendidos, disse essa pessoa. A oferta da Vale é constituída predominantemente de ações, embora os detalhes não estejam claros.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: