Archive for the ‘Ecodiesel’ Category

Ainda sobre a EcoDiesel

novembro 17, 2006

Sobre a EcoDiesel, o Valor do dia 13/11 destaca que:

“A CVM solicitou mais informações à Brasil Ecodiesel depois que reportagem do Valor publicada no dia 8 indicou que um dos sócios controladores da companhia, detentor de 47,7% do seu capital por meio da empresa Eco Green Solutions, tem identidade desconhecida. Adicionalmente, a reportagem relatou a existência de rumores de que o sócio oculto poderia ser o empresário Daniel Birmann, fundador e ex-controlador da Ecodiesel. Ele foi inabilitado pela própria CVM para exercer cargos em companhias abertas depois de condenado por abuso de poder de controle e descumprimento de deveres de diligência e lealdade, entre outros. No total, são quatro processos administrativos, cujas decisões ainda estão sujeitas a recurso.

(…)

No novo prospecto, liberado para os investidores na internet já na sexta, a Brasil Ecodiesel não descarta totalmente a possibilidade de que o empresário ainda seja seu sócio. O texto afirma que “pelo conhecimento da companhia”, Daniel Birmann não é mais acionista.

O novo texto deixou ainda mais explícito que não é possível determinar a identidade do proprietário da Eco Green Solutions, que detém 47,7% da Ecodiesel. Isso porque a empresa é controlada por um trust com sede na Suíça que, por sua vez, pertence a um segundo trust com sede nas Ilhas Cayman. “De acordo com as leis que regem o domicílio e a administração do Cayman Trust, não é permitido divulgar quaisquer informações adicionais a respeito da propriedade das ações da Eco Green.” A Deutsche Fiduciary Services, do Deutsche Bank, é o agente fiduciário do trust suíço e responsável pelas tomadas de decisão.

(…)

Embora não figure mais como acionista da Brasil Ecodiesel, Daniel Birmann ganhou algumas páginas com informações a seu respeito no novo prospecto – muito mais do que qualquer dos outros acionistas controladores (o fundo Zartman e o presidente da empresa, Nelson Cortês da Silveira). Boa parte do espaço contém detalhes dos processos administrativos da CVM em que Birmann foi condenado.

O novo prospecto trouxe também amplo detalhamento dos contratos de opção de fornecimento obrigatório firmados entre a Ecodiesel e o grupo Enguia Power, do qual Birmann é acionista e administrador. “

fonte: Valor Econômico, 13/11/2006

Anúncios