Archive for the ‘Gamecorp’ Category

Gamecorp 4

dezembro 27, 2006


Na Folha de hoje:

No vermelho, Gamecorp projeta expansão

Mesmo depois de prejuízo, a Telemar, concessionária de serviço público, investiu na produtora R$ 5 milhões em publicidade em 2006

RUBENS VALENTE

A Gamecorp, empresa do filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Fábio Luis Lula da Silva, 31, trabalha com a previsão de zerar seu prejuízo até o segundo semestre de 2007, segundo o diretor-presidente da empresa, Leonardo Badra Eid. Em 2005, a Gamecorp informou ter acumulado prejuízo de R$ 3,47 milhões. (…)

Por conta do prejuízo, o patrimônio líquido da empresa passou de R$ 5,2 milhões, no início daquele ano, para R$ 1,73 milhão, em dezembro.

Em janeiro de 2005, o grupo Telemar investiu R$ 5 milhões na empresa por meio de uma compra de debêntures conversíveis em ações. O capital social da empresa era de apenas R$ 10 mil. Além de Fábio Lula, também era sócio Fernando Bittar, filho do ex-prefeito de Campinas (SP) Jacó Bittar.

(…)

Segundo o presidente da Gamecorp, Leonardo Eid, o prejuízo em 2005 já era “esperado”. “Não tem como você começar um negócio inovador já dando lucro. A própria MTV no começo, por exemplo, demorou quatro, cinco anos para ter lucro”, disse o executivo.

“Nós temos uma previsão, e isso estava dentro do nosso planejamento inicial, de estar zerando, de chegar ao “break-even” [ponto de equilíbrio], no segundo semestre de 2007, isso estava previsto desde o começo”, afirmou Eid.

O diretor-presidente da Gamecorp disse que não poderia revelar quanto cada sócio retirará após eventuais lucros da empresa. [sic]

“Eu não posso te falar, mas garanto que é abaixo do mercado, pelas informações que a gente tem”, disse Eid.

(…)

Eid afirmou que os custos que levaram ao prejuízo em 2005 são “diluídos” [sic]: “Nosso maior gasto é com mão-de-obra na produção, intensiva. Basicamente [os custos] estão diluídos, não tenho nenhum item significativo”.

Anúncios

Gamecorp 3

dezembro 26, 2006

Gamecorp volta à mira da oposição
MÍDIA
Balanço apontando prejuízo de R$ 3,5 milhões em 2005 faz oposicionistas falarem em investigar filho de Lula
João Domingos
BRASÍLIA
O Estado de São Paulo

A divulgação do balanço de 2005 da Gamecorp, que tem entre seus sócios Fábio Luis Lula da Silva, filho do presidente Lula, levou a oposição a pedir investigações no Congresso sobre a empresa. A companhia registrou prejuízo de R$ 3,479 milhões no mesmo ano em que o grupo Telemar injetou R$ 5 milhões na empresa, como revelou ontem o Estado. A Telemar é concessionário do serviço público de telefonia, regulado pelo governo federal.

(…)
O deputado eleito cobrou de seu partido uma postura oposicionista mais firme e atuante para o próximo mandato e propôs questionar no Congresso as contas da Gamecorp. “Temos que analisar bem essa contabilidade, porque eles tiveram um crescimento enorme e agora apresentam prejuízo”, disse.

(…)
A EMPRESA

A Gamecorp nasceu com capital de R$ 10 mil, em 2004. No ano seguinte, houve a operação de compra de parte da empresa pela Telemar e os sócios originais – entre eles o filho de Lula – aumentaram o capital da companhia em mais R$ 2,7 milhões. A Telemar injetou mais R$ 2,5 milhões na empresa, para adquirir exclusividade sobre seus projetos e produtos. Em 2006, apesar do prejuízo do ano anterior, a Telemar destinou mais R$ 5 milhões à Gamecorp, dessa vez como verba publicitária. Anteontem, Leonardo Eid, sócio do filho de Lula, revelou que também neste ano deve ser registrado prejuízo.

A Gamecorp produz conteúdo para o público jovem, principalmente dicas para jogos de videogame. Ela aluga espaço na grade da PlayTV, antiga Rede21, da TV Bandeirantes.

COLABOROU RODRIGO PEREIRA